9 de mai de 2012

XVIeme Arrondissement de Paris


Place Charles de Gaulle - limite dos 8eme, 16eme e 17eme

O XVIeme é essencialmente residencial, no entanto, é bastante visitado pelos turistas, pelos seus numerosos museus e lugares famosos como o Trocadéro e o Bois de Boulogne. É lá que estão também muitas embaixadas e consulados, além de lugares esportivos conhecidos, como o Parc des Princes e o estádio Roland-Garros

O XVIeme tem dois bairros elegantes: Passy e Auteuil, antigas aldeias da França, que foram incorporadas à cidade em 1860. 

A tomada do Forte de Cadix pelos franceses em 1823 deu ao bairro o nome de "Trocadéro", que abriga muitos museus e o Teatro Nacional de Chaillot.

Em 1860, os bairros de Paris foram numerados e eram 12 arrondissements. O projeto previa o número XIII ao atual XVIeme. Mas foi rejeitado devido a expressão "se casaram na câmara municipal do 13e", que significava "casar em um lugar que não existia, viver em concubinagem". Isso não agrdou aos ricos habitantes do bairro.

A distribuição dos arrondissements da esquerda para a direita e de cima para baixo foi abandonada para o esquema atual, em forma em espiral.

É no XVIème arrondissement que o Sena é mais largo e, graças ao Bois de Boulogne, se repira melhor do que nos outros bairros.


Idéias de passeios no XVIeme Arrondissement

Trocadero
Place du Trocadéro
Palais de Chaillot
Jardins et Grand Bassin du Trocadéro


Bois de Boulogne
Parc de Bagatelle
Pré Catelan
Jardin d'Acclimatation
Hipodrome de Longchamp


Museu de Arte Moderna de Paris

O Museu de Arte Moderna da Cidade de Paris fica no Palácio de Tóquio. As coleções de arte (pinturas, esculturas, fotografias, videos…) são agrupadas na ala direita deste edifício com uma arquitetura excepcional, situado nas margens do Sena com uma vista para a Torre Eiffel. O palácio de Tóquio foi criado na ocasião da exposição universal de 1937. 


Museu Marmottan-Monet

Créditos foto: rtbf.be
2, Rue Louis-Boilly. Seu palacete e suas coleções, da Renascença e da época de Napoleão, assim como obras de Claude Monet foram doados à Academia de Belas Artes em 1932, pelo historiador Paul Marmottan.


Musée du Vin


Uma rica coleção de mais de 2.000 peças com instrumentos de cultura dos vinhedos, degustação do vinho.Dentre as peças mais antigas, algumas datam de de um século antes de Cristo, até as o século XIX. Manequins de cera, como Napoleão, Pasteur ou Balzac, com objetos da coleção.


Musée de la Mode de la Ville de Paris - Palais Galliera (no Palais de Tokyo)


10, Avenue Pierre 1er de Serbie
Aberto ao público somente para exposições temporárias, duas vezes por ano, com duração de quatro a seis meses cada uma.



Fondation Le Corbusier

8-10 square du Docteur Blanche. Conserva dos desenhos originais, os estudos e os planos de Le Corbusier, em colaboração com Pierre Jeanneret, de 1922 a 1940, e uma importante coleção de arquivos escritos e fotográficos.


Maison de Balzac

47, Rue Raynouard. No século XIX, Honoré de Balzac viveu de 1840 a 1847 nesta casa de Passy, sob um pseudônimo, para fugir dos seus credores. Podemos ver os documentos do autor, os seus manuscritos, edições raras, a famosa bengala de turquesa, e a sua cafeteira com as iniciais HB.


Musée Baccarat

11, Place des États-Unis. Uma seleção de peças fabricadas pela  Baccarat, na Lorraine. Aberto todos os dias, (menos as terças-feiras, domingos e feriados), de 10hs as 18:30.


Musée Clemenceau
 
Aberto ao público em 1931, no 8 da Rue Benjamin-Franklin. Instalado no apartamento aonde Georges Clemenceau (político) viveu de 1895 até a sua morte em 1929.  


Cemitério de Passy

Fica no ângulo da Avenida Georges-Mandel, a Place du Trocadéro e a Avenue Paul Doumer, com uma entrada no número 2 da Rue du Commandant Schlœsing.


Mercados ao ar livre

Auteuil
Quartas-feiras e sábdos
Rue d'Auteuil, place Jean Lorrain
Metro : Michel-Ange-Auteuil
Gros-La-Fontaine (ex - Avenue de Versailles)
Terças-feiras e Sextas-feiras
Rue Gros, rue Jean de La Fontaine
Metro : Ranelagh
Point du Jour
Terças-feiras, Quintas-feiras e Domingos
Avenue de Versailles, de la rue Le Marois à la rue Gudin
Metro : Porte de Saint-Cloud
Président Wilson
Quartas-feiras e Sábados
Avenue du Président Wilson, entre a rue Debrousse e a place d'Iéna
Metro : Alma-Marceau, Iéna
Amiral Bruix
Quartas-feiras e Sábados
Boulevard de l'Amiral Bruix, entre as rues Weber e Marbeau
Metro : Porte Maillot
Porte Molitor
Terças-feiras e Sextas-feiras
Boulevard Murat, place de la Porte Molitor
Métro : Porte Molitor


Mercados Cobertos




Saint-Didier
Terças-feiras, Quintas-feiras, Sextas-feiras, Sábados de 7h30 à 14h
25 rue Mesnil
Metro : Trocadéro


Marché de Passy
De Terças-feiras às Sextas-feiras de 8h as 13h e de 16h as 19h
Sábados de 8h as 13h e de 15h30 as 19h
Domingos de 8h as 13h
Esquina das rues Duban e Bois-le-Vent
Metro : La Muette



Mapa do XVIeme arrondissement











Os Perfumes Franceses
Fotos Históricas de Paris
Curiosidades, Lendas e Mistérios de Paris
Um Passeio pela Paris Medieval
Paris Antes e Depois
A Exposição Universal de 1889 em Paris
Paris no Cinema
Amores Célebres na França
As Portas de Paris

As Margens do Sena
Canal St Martin
Paris à Noite
Reveillon em Paris
14 de Julho em Paris
Maratona de Paris
Nuit Blanche Paris
Parques e Jardins de Paris
Paris Iluminada no Natal
Ano Novo Chines em Paris

La Défense
Passagens Cobertas de Paris
Um Passeio pelo 5eme
Bairro da Bastille
Um passeio pelo 13éme Arrondissement
Les Halles, Chatelet et Beaubourg
Jardin du Luxembourg
Opéra e Madeleine
Chaillot e Trocadero
Tuileries
Tour Eiffel e Invalides
Saint Germain des Prés
Museus de Paris

Cemitérios de Paris
Bouquinistes, Brocantes, Mercados em Paris
Av. des Champs Elysées
Ile St Louis
Quartier Latin
Montmartre
Montparnasse
Marais
Igrejas de Paris
As Mais Belas Catedrais da França
Pontes de Paris
Ile de La Cité

Giverny
Versailles

Estações Termais na França
Os Melhores Spas e Hammams de Paris 

Nenhum comentário:

Postar um comentário