4 de nov de 2009

Culinária Francesa


Culinária Francesa e Expressões usadas no Restaurante


 
Não é à toa que a culinária francesa é reconhecida como uma das melhores do mundo....a França é a terra do bem comer e bem beber......

Ela agrada ao paladar, ao olfato e à visão, pois os franceses adoram caprichar também no visual dos pratos e das mesas.....


E tudo isso regado a um bom vinho francês! ..... Bon Appétit!

A grande variedade de queijos e vinhos são a imagem de marca da França em termos de gastronomia. 

Tradicionalmente, cada região tem a sua culinária própria: 

A do noroeste usa manteiga, creme de leite (crème fraiche) e maçãs;
 
A culinária provençal (do sudeste) prefere azeite, verduras e tomates; 

A do sudoeste usa gordura de pato, fígado foie gras, cogumelos e moelas; 

A culinária do nordeste lembra a culinária da Alemanha e usa banha de porco, salsichas e chucrute. 


Além destas quatro áreas gerais, há outros tipos de culinária locais, como a do Vale do Loire, famosa pelos delicados pratos de peixe de água doce e pelos vinhos brancos;

A cozinha basca, famosa pelo uso de tomate e pimentão, e a culinária do Roussillon, semelhante à culinária da Catalunha.

Entre os pratos mais conhecidos estão as quiches, os crepes, os escargots, coquilles Saint Jacques (vieiras), o foie gras.......



Coquilles Saint Jacques...para comer rezando!
Mas existem outras delícias, não tão conhecidas, que vale a pena experimentar.. para citar algumas: 

O cassoulet (feijão branco com carne de porco e de pato ou carneiro), as andouillettes (linguiças de porco grelhadas), homard persillé (lagosta cozida com tempero de salsa), o choucrute (chucrute com salsichas e carne de porco salgada e defumada), bouillabaisse (caldeirada de peixes), rilletes de porc (espécie de paté feito com pedaços de carne de porco)........ ratatouille (cozido com pimentão, beringela e outros legumes), boudin blanc (chouriço branco), a tarte tatin, uma deliciosa torta de maçã....a tarte Alsacienne (torta com maçãs), tarte flambé (uma espécie de pizza com massa fina)..............


Cassoulet
choucroute

coquilles st jacques com batatas coradas
Tartiflette (Batatas, bacon e queijo Reblochon)

Aligot, pure de batatas "elástico" e queijo Tomme


Os queijos......Ah, os queijos! (Les Fromages) (Ver Queijos)

O queijo é uma das glórias da França! Existem mais de 360 tipos diferentes! É servido depois do prato principal e antes da sobremesa. Eles simplesmente ADORAM os queijos! São de cabra, de vaca e de ovelha. Podem ser suaves, moles, semi-moles....


Camembert


Crottins de Chavignol (de cabra)


Roquefort (de ovelha)


Os Molhos - o que seria da cozinha francesa sem seus deliciosos molhos? Alguns cremosos e suaves, com vinho e ervas, outros mais fortes e picantes.....

Molho béchamel (molho branco à base de manteiga, farinha e leite), aioli (maionese com alho), beurre blanc (manteiga, cebola, vinagre ou vinho branco), beurre noir (manteiga escura derretida e vinagre com laranja), fine herbes (ervas aromáticas e vinho branco), lyonnaise (vinho branco, cebola e manteiga), provençale (cebola, alho e tomate), soubise (molho cremoso de cebolas)..... e muitos outros



Os deliciosos croissants, pain au chocolat e brioches para um café da manhã perfeito!


Macarrons


Madeleines


Creme Brulée


Tarte tatin (deliciosa!!!!) 

Crepe Suzette

Tarte Tatin 


Diz a lenda que essa deliciosa torta foi criada pela primeira vez por Stéphanie Tatin no Hotel Tatin no Vale do Loire, há mais de 100 anos. 

Após a morte de Jean Tatin, a direção do Hotel Tatin passou para a mão de suas duas filhas, Caroline e Stéphanie.

Em um dia de muita correria na cozinha, Stéphanie Tatin cozinhou as maçãs na manteiga e açúcar e ao invés de colocá-las sobre a massa, como era de hábito, colocou a massa sobre as maçãs.

Quando Stéphanie se deu conta de seu erro já era demasiado tarde e a torta já estava no forno. Para servir a torta, ela foi obrigada a invertê-la sobre um prato de serviço para dar o aspecto da torta que estava acostumada a fazer.
O resultado final deixou seus clientes admirados, e assim, a partir de um erro foi criada umas das tortas mais famosas do mundo.

A Tarte Tatin pode ser servida morna acompanhada de Chantilly ou sorvete de creme.

Tarte Alsacienne
Quiche Lorraine

Rillettes (de canard, de porc, de salmon)


Tarte flambée ou Flammehueche, espécie de pizza da Alsácia


BOUDIN

Boudin é um embutido, uma espécie de linguiça, que os franceses adoram. Pode ser preto ou branco. 


boudin noir e boudin blanc



O boudin blanc (branco) é feito com carnes brancas de frango, vitelo e perfumado com especiarias, e leite. É um prato servido durante as festas de fim de ano.

O boudin noir (preto) é feito com o sangue do porco, uva passa, maçã e especiarias.














Croque-Monsieur (sanduíche de queijo e presunto, com queijo ralado)


Croque monsieur

Talheres para escargot



Expressões Úteis:


´
Café da manhã - Le petit-déjeuner

Almoço - Le déjeuner

Jantar - Le dîner

Refeição - Le repas

Cardápio - La carte 


Entradas - Les entrées / hors-d´oeuvre
´´
Pratos principais - Les plats
´
Prato do dia - Plat du jour ´


Os queijos - Les fromages
´
A sobremesa - Le dessert

Serviço incluído - Service compris

Carne, peixe, frango - La viande, Le poisson, Le poulet
´



Você quer provar o queijo? - Tu veux gouter le fromage?

Eu adoro isso, você não?
- J´aime ça, pas toi?
´

Não obrigado(a), eu não quero - Non, merci, pas pour moi ´


As bebidas - Les boissons

Uma garrafa de vinho tinto / branco - Une bouteille de vin rouge / blanc 


Vinho da casa - Vin maison / Vin au Pichet (em uma jarra)  
´
Uma cerveja - Une bière

A conta, por favor - L´addition, s´il vous plaît

A gorjeta está incluída? - Le pourboire c´est compris?

Eu queria uma mesa para quatro - Je voudrais une table pour quatre

Guardanapo - La serviette

Colher, garfo, faca - La cuillère, la fourchette, le couteau

Ele está de ressaca - Il as la gueule de bois

Estou com fome - J´ai faim

Estou com sede - J´ai soif

Cozinhar - Faire la cuisine

Refeição ligeira - Repas léger
´


O cheiro está uma delícia! - Ça sent très bon!´


Estava muito bom, obrigado(a) - C´était très bon, merci´


É para levar - C´est pour emporter´


Chá - thé
´
Água com gás / sem gás - L'eau gazeuse / L'eau plate
´
Frito / grelhado / assado / cozido - Frit /grillé / rôti / bouilli
´
Massa - Pâte
´
Bala - Bombom
´
Padaria - Boulangerie
´
Loja de doces - Patisserie
´
Açougue - Boucherie
´
Rechear bolo - Fourrer
´
Rechear peru - Farcir

´

Veja também 

Restaurantes Brasileiros na França








13 comentários:

  1. Anônimo9/6/11

    Creio que não existe palavras para agradecer o trabalho, atenção, a preocupação que vc dispensou e tudo o que realizou para que nossa viagem desse certo e fosse maravilhosa.
    Um casal de meia idade,viajar para um país, falando pouco francês, nada de inglês é ter muita coragem,vcs não acham? Este foi um dos maiores desafios de nossa vida.
    Conhecer a Cidade Luz era um sonho,realizar tudo isso sem o auxílo de operadora de turismo, nem pacote, sem auxulio de interprete, viajar de TGV, conhecer outras cidades países, andar de metrô e RER que é uma malha bastante complexa para viajante inexperiente como era o nosso caso,contando apenas com ajuda de mapas e com a surpreendente colaboração dos franceses, que se mostraram gentílissimos,extremamente educados, acreditem: ofrecendo-se até para tirar nossas fotos juntos, incrível. Tudo isso só foi possível, com a ajuda e os conhecimentos da Anna.
    No hotel indicando por ela, fomos muito bem recebidos e quando saímos o dono e funcionários nos perguntaram: se retonaríamos no próximo ano e se fiacaríamos lá , respondemos que sim, pois gostamos muito do tratamento dos funcionários durante os 17 dias que lá estivemos,dois deles já estavam até falando algumas coisas em português e nós melhorando o francês.
    Ao retonarmos de nosso desafio, fomos felicitados pelos parentes, amigos, somos o orgulho de nossos filhos.Todos estãos querendo saber como foi nossa tão bem sucedida e maravilhosa viagem. Estamos servindo de exemplo para os amigos que não tiveram essa coragem e agora querem nos acompanhar na próxima viagem.
    Enfim gostaria de ressaltar para todos o leitores e seguidores do blog, que podem confiar no trabalho sério que Anna realiza nos seus roteiros e blog.
    Anna,
    Que Deus te abenço e te dê muita saúde, felicidade e sucessso.

    Abração
    Eloiza e Carlos

    ResponderExcluir
  2. é muito bom culinária da franca

    ResponderExcluir
  3. é muito bom culinária francêsa

    ResponderExcluir
  4. Ana estamos chegando a Paris no dia 16 de nov ,ficaremos ao lado da estacao de metro ,vc a 5 minutos da Torre Eiffel ,vc aconselha taxi do aeroporto Charles de Gaulle ao hotel custo beneficio ,como sei minha zona junto ao hotel ,e gostei dessa opcao do Barcobus ou o Paris visite ,so teremos três dias em Paris dp partiremos para outros destinos grato desde ja e estamos encantados com seu blog !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Jose Roberto, obrigada!

      Você não me disse qual é a estação de metrô. Se for a Bir-Hakeim:
      No Aéroport Charles de Gaulle, pegue o RER B (tipo um metrô, 10 euros), direção Bourg-la-Reine, Robinson, St-Rémy-lès-Chevreuse, até a estação Denfert-Rochereau - Colonel Rol-Tanguy (16 estações)
      Na estação Denfert-Rochereaupegue a linha 6 do metrô (1,90 euros cada ticket - se comprar 10 tickets sai a 14,50 euros), direção Charles de Gaulle Etoile, até a estação Bir-Hakeim Grenelle (9 estações)
      Outra opção:
      No aeroporto, pegar o Car Air France, que agora se chama Le Bus Direct, linha 4, e ir até a Gare Montparnasse. Lá, pegar o metrô linha 6, direção Charles de Gaulle Étoile, até a estação Bir-Hakeim (6 estações). Esse ônibus da Air France é grande, confortável, com bagageiro, e custa 17 euros por pessoa. Pode pagar diretamente ao motorista. Ele para na Gare de Lyon e depois na Gare Montparnasse.

      Se quiser, em vez de pegar o metrô, pode pegar um taxi na Gare Montparnasse até o hotel. Um taxi de lá até a Torre Eiffel custa em torno de 10 euros (4 km)

      O taxi do aeroporto até a Torre Eiffel custa mais ou menos 55 a 60 euros

      Qualquer dúvida, pode me escrever: annafrj55@gmail.com
      Um abraço

      Excluir
  5. Anna a estação de metro e a dupleix ,ao lado de nosso hotel .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá José Roberto,
      Então o trajeto é: no Aéroport Charles de Gaulle 2, pegar o RER B, direção Bourg-la-Reine, Robinson, St-Rémy-lès-Chevreuse, até a estação Denfert-Rochereau - Colonel Rol-Tanguy (16 estações)
      Na Denfert-Rochereau, pegar o metrô linha 6, direção Charles de Gaulle Etoile, até a estação Dupleix (8 estações)
      Um abraço!

      Excluir
  6. Ola Anna muito obrigado pelo auxilio,se fosse vc iria de taxi ,vamos em casal ,a unica duvida e q parece muito pratico e fugiriamos de congestinamentos !!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Jose Roberto
      Sim, eu iria de taxi, pois com as malas pegar o metrô nem sempre é simples, algumas estações não tem escadas rolantes, às vezes o metrô está cheio....Eu fiz a simulação do preço do taxi do aeroporto CDG até a estação Dupleix: o valor estimado é 53 euros com trânsito normal, tarifa de dia. Se for domingo ou à noite, é um pouco mais caro, 63 euros. Mas eu acho que vale a pena!
      Um abraço

      Excluir
  7. Seguiremos seus conselhos !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acabei de ver que o Car Air France (Le Bus Direct) linha 2 agora vai do CDG até a Torre Eiffel, mas custa 30 euros por pessoa, então é o preço do taxi (e com o taxi você fica na porta do hotel).....mas é mais uma opção, ele passa a cada meia hora.
      Trajeto: CDG - Porte Maillot - Étoile-Champs Elysées - Trocadero - Tour Eiffel

      Excluir
  8. Tivemos de antecipar iremos no dia 10 ,minha mulher não conhece Paris e resolvemos prolongar a estadia muito obrigado !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa viagem! Qualquer dúvida, pode me escrever!

      Excluir