3 de mar de 2011

Paris Antes e Depois


Paris Antes de se tornar a Cidade Luz

Em 1852 o imperador Napoleão III encarregou o prefeito de Paris Eugène Haussmann de renovar a capital francesa. Paris concentrava muitos problemas de higiene e de saúde pública. 

A cidade era mal organizada, com ruas estreitas e sujas, edifícios e construções irregulares, a cidade não tinha uma boa reputação. 

Pantheon, 5eme
O antigo casario foi posto abaixo e, em seu lugar, surgiram os amplas avenidas e bulevares com construções padronizadas, com serviços de esgoto, gás encanado e abastecimento de água tratada fornecida por 600 km de aquedutos.

No lugar das cento e vinte mil habitações destruídas por Haussmann surgiram outras 320 mil modernas, em 300 km de novas vias que foram sendo construídas nos vinte anos seguintes, cuja altura padrão não ultrapassava os seis andares.



 
Abriu espaços para os parques públicos (Bois de Boulonne, Vincennes, Monceau e Montsouris) e fez com que os trens vindos do interior desembarcassem dentro da cidade (Gare Lyon, Gare du Nord, erguidas entre 1855 e 1865). Paris tornou-se então a linda Cidade Luz!
 


Fotos de algumas ruas de Paris antes da reforma

Avenue de l'Opera


Rue Réaumur, 3eme arrondissement


O rio La Bièvre, lançava-se anteriormente no Sena em Paris. Nas suas margens, no 13eme arrondissement, era feito tratamento de peles, o que provocava um odor desagradável que poluía toda a vizinhança. 

A Place d'Italie, que data de 1760, ficou com a sua aparência definitiva em 1867. Acima, uma foto de antes da reforma.

Rue de Harlay
No 1er arrondissement, a Rue de Harlay que era reconhecida pelas suas arcadas, hoje desaparecidas.

Todas as construções do lado par da rua foram destruídas em 1874 para abrir o palácio de justiça de Paris.

Ligando a rua Poliveau a um mercado de cavalos hoje desaparecido, no 5eme arrondissement, a rue de l' Essai - (foto abaixo), deve o seu nome à sua utilização: era o lugar de teste dos compradores de cavalos.

Rue de l'Essai
Em 1857, o mercado de cavalos foi destruído e a rue de l'Essai foi prolongada. O pavilhão do inspetor do mercado continua de pé ao número 5 da rua Geoffroy Saint-Hilaire.

St Etienne du Mont



Estreita e irregular, a rue Saint-Julien-Le-Pauvre, acima, típica da Paris de antigamente, levava à igreja Saint-Julien-Le-Pauvre. Atualmente se chama Rue Saint-Julien,no 5eme.

Place Saint Andre des Arts, 6eme arrondissement
Rue du Vieux Colombier, 6eme

Rue des Canettes, 6eme arrondissement

Rue du Pot-de-Fer, 5eme arrondissement

Boulevard Henri IV



Veja também:









5 comentários:

  1. Gostei muito do blog.
    Você conhece a região de Luberon (que tem as cidades de Gordes e Roussillon, próximas a Avignon)?

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Lis,
    Ainda não, mas pesquisei, vi algumas fotos e vi que estão entre as mais bonitas da França! já coloquei na minha lista para conhecer.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Anônimo2/2/12

    Obrigada pelas fotos , me ajudou em um trabalho escolar.

    ResponderExcluir
  4. Você faz um brilhante trabalho.
    Nos transporta para lugares maravilhosos...
    Se um dia eu resolver voar, começarei por aqui, pegando meu passaporte...
    Beijão Ana.
    Sucesso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Beth!
      Obrigada querida! Volte sempre!
      Beijos

      Excluir