16 de set de 2010

Tuileries

Quartier des Tuileries 



Na margem direita do Sena, o bairro das Tuileries abrange o 1er arrodissement e o 8eme. 




Principais lugares a visitar: Jardin des Tuileries, Palais du Louvre, rue de Rivoli, Place de la Concorde, Place Vendôme, Place des Pyramides, Place des Victoires, a igreja St Roch, a Comédie Française, o Arc du Triomphe du Carrousel. 


Jardin des Tuileries 




Antigo jardim do Palácio des Tuileries, incendiado em 1871. Tem esse nome porque o lugar era ocupado anteriormente por fábricas de telhas. Liga o Museu do Louvre à Place de la Concorde.

É formado por praças elegantes, lindos jardins, hotéis 5 estrelas, restaurantes famosos, boutiques da moda, joalherias famosas, e pelo museu mais conhecido do mundo. É o jardim à francesa mais antigo de Paris.

É classificado como Monumento histórico desde 1914. Inscrito e incluído na proteção do Patrimônio mundial da UNESCO.
1er arrondissement, Metrô: Tuileries, Concorde.



Rue de Rivoli - 1er e 4eme arrondissements, Metrô: Louvre, Palais Royal, Tuileries, Concorde




Essa charmosa rua com suas arcadas, é um movimentado centro de comércio, que vai do sofisticado ao popular. Do número 43 (lado ímpar) e do número 102 (lado par) , fica no 1er arrondissement. E do início ao número 39 (lado ímpar) e do início ao número 98 (lado par) fica no 4eme.


Ela se estende por quase 3 Km, da rua de Sévigné até a Place de la Concorde. Atravessa a Place des Pyramides, e tem arcadas em uma grande parte do seu comprimento. A parte que corresponde à parte das arcadas, foi construída sob o Primeiro Império; a parte oriental foi acrescentada na época da reforma do barão Haussmann, para ligá-la à rua Saint-Antoine.

O seu nome é o de uma cidade italiana, palco de uma vitória de Napoleão Bonaparte em 1797.
No número 226 - o Angélina tem o melhor chocolate quente de Paris.




Place des Pyramides



1er arrondissement, Metrô Tuileries
Uma grande estátua homenageia Joana D'Arc que foi ferida neste local quando lutava contra os ingleses em 1429.







O Arc du triomphe du Carrousel 




Foi construído por Napoleão Bonaparte em homenagem ao seu exército, para comemorar a vitória na batalha de Austerlitz. Fica no 1er arrondissement de Paris, na Place du Carrousel, em frente ao Louvre, e é classificado como monumento histórico desde setembro de 1888. Metro: Palais Royal - Musée du Louvre.








Place de la Concorde



Deslumbrante! Ocupa mais de 8 hectares no centro de Paris. Já foi chamada de Place Louis XVI - tinha uma estátua do rei; depois Place de la Révolution - quando a estátua do rei foi substituída pela guilhotina. Foi lá que morreram Luis XVI, Maria Antonieta e muitos outros (1.119 pessoas). 


No século XIX ela foi ampliada e ganhou o lindo obelisco de Luxor, duas fontes e oito estátuas. O Obelisco tem 23 m de altura e foi oferecido à França em 1929.  Foi colocado no lugar da guilhotina em 1836.






Place Vendome
 
Sua construção começou em 1698. Se mantem praticamente intacta e é endereço de bancos e joalherias. Em 1848, Chopin morreu no número 12 desta praça.






Hotel Ritz 


Em junho de 1898 foi inaugurado o famoso Hotel Ritz, Paris, que recebeu personalidades como Marcel Proust, Ernest Hemingway, Charlie Chaplin entre outros. Coco Chanel morou lá por mais de trinta anos.

Em 1979, o último herdeiro do Ritz vendeu o hotel a Mohamed Al-Fayed.

Em 30 de agosto de 1997, a Princesa Diana e o seu namorado Dodi Al Fayed, filho de Mohammed Al Fayed, jantaram na suíte imperial do hotel, antes do seu acidente de automóvel sob a ponte de l' Alma. 15, Place Vendome.


 

Place des Victoires - 2eme arrondissement, Metrô: Palais Ryal.


Projetada unicamente para exibir a estátua do Rei Sol, Luis XIV.









Palais Royal




Place du Palais Royal, Metrô Palais Royal.

Fechado ao público. Local aonde Luis XIV passou a infância. Depois da Revolução Francesa, tornou-se um cassino.

Foi reformado entre 1872 e 1876, hoje abriga o Conselho de Estado e uma parte é ocupada pelo Ministério da Cultura.





Église de St. Roch - 1er arrondissement, Metrô Tuileries




Concluída em 1740 - ver Igrejas de Paris







Comédie Française
2 Rue Richelieu, Metrô Palais Royal




Está no prédio atual desde 1799. Na entrada pode-se ver a poltrona aonde Molière caiu ao morrer no palco em 1673.






 
 




Nenhum comentário:

Postar um comentário