23 de mar de 2010

Marais, III e IV arrondissements de Paris


Marais

Hotel de Ville
O Marais é um bairro charmoso situado em uma parte do III e do IV arrondissements de Paris, na margem direita do Sena.


Antiga zona de pântanos ocupada a partir do século X por ordens religiosas, incluindo a ordem do Templo.



Sede do palácio real até o século XVII, foi totalmente abandonado durante a Revolução Francesa e sofreu grande deterioração até ser resgatado nos anos 60.


No início do século XVII, este bairro até então periférico, torna-se o lugar de residência da nobreza parisiense. No meio do século XVIII foi abandonado pela elite que prefere os bairros Saint-Honoré e Saint-Germain.

Nos anos 60, André Malraux, Ministro da Cultura, lançou uma grande operação de renovação do Marais. Construções foram restauradas com cuidado, adquirindo sua arquitetura original.

Todo o bairro foi renovado, e uma nova população foi morar lá, criando um novo ambiente, com muitos restaurantes, lojas, galerias de arte... O resultado foi um bairro charmoso e interessante, com a magnífica Place des Vosges e Hôtels particulares (palacetes) transformados em museus e espaços culturais.

Bouquinistes









3, Rue Volta, 3eme

Acreditava-se ser o edifício mais antigo 


de Paris (de 1300), mas ficou comprovado 
ser uma construção do século XVII.












O bairro foi declarado oficialmente monumento histórico pelo governo de Charles de Gaulle em 1962.

Hotel de Sully

Rue de Venise, uma das mais estreitas de Paris
(a outra é a Rue du Chat qui Peche, no 5eme)


A Rue des Rosiers, do século XIII, é uma das principais ruas do bairro, com sinagogas, restaurantes koshers... entre eles reinava o famoso Goldenberg, que funcionou até 2006 e em 2010 foi substituído por uma loja de roupas, conservando a fachada. Esse restaurante sofreu um atentado em 1982, que matou 6 pessoas e feriu mais de vinte.













Esquina das Ruas Saint Paul e Lions 
IV arrondissement
Construção do século XVI para vigiar a encruzilhada


















A Place des Vosges é uma das mais lindas do mundo na opinião dos parisienses e dos turistas.

Mede 127 por 140 metros. No século XVII, um edital real impôs uma simetria de 36 construções de tijolos vermelhos e tetos de ardósia, 9 de cada lado, de altura uniforme, com exceção do pavilhão do rei, no centro do lado do sul e o pavilhão da rainha, em frente, do lado norte, que são mais elevados. 

Essas casas ficam sobre galerias cobertas (arcadas) e estão intactas há 400 anos!



Foi cenário de eventos históricos ao longo dos séculos. Neste lugar, foi celebrado o casamento de Luis XIII com Ana da Áustria em 1615, com um torneio que durou 3 dias.


No centro da praça tem a estátua de Luis XVIII sobre um cavalo. O escritor Victor Hugo morou no número 6 durante 16 anos (hoje funciona um museu).


Um dos poucos edifícios medievais ainda de pé em Paris, o Hotel de Sens, abriga atualmente a biblioteca de artes Forney. No século XVI foi uma mansão fortificada.

Hotel de Sens
O prédio da Prefeitura de Paris, o Hotel de Ville, data do século XIX e é uma reconstituição da prefeitura do século XVII, que foi incendiada.

Hotel de Ville
Fica em uma agradável praça, com fontes que ficam iluminadas à noite. Esta praça foi local de muitas execuções na forca e na fogueira. Foi lá que Ravaillac, assassino de Henrique VI foi esquartejado vivo. Hoje é palco de vários eventos, de acordo com a estação.

Centre Pompidou
Um dos mais conhecidos museus de Paris neste bairro é o "Centre Pompidou", o Museu de Arte Moderna. É um edifício fora do comum: as escadas rolantes, os elevadores, as tubulações de ar e água e até as vigas de aço que formam o esqueleto do prédio ficam à mostra.


Musée Carnavalet

Vitrine de loja


Casa de Nicolas Flamel
51, Rue de Montmorency - construída em 1407


Mariage Frères



O templo dos chás em Paris! A loja no numero 30 da Rue du Bourg-Tibourg foi inaugurada em 1854.

São 5 lojas em Paris e pontos de venda no Bon Marché, Galeries Lafayette e Printemps.  Lojas também no Reino Unido, na Alemanha e no Japão. Salão de chá e Museu do chá. Metrô St-Paul ou Hotel de Ville




Veja mais:

Doce França e Paris - Dicas de Viagem

Bairro da Bastille

Um passeio pelo 13éme Arrondissement
Paris no Cinema
As Portas de Paris
Um Passeio pela Paris Medieval
As Margens do Sena
Canal St Martin
Maratona de Paris
Nuit Blanche Paris
Amores Célebres na França
Parques e Jardins de Paris

Gares de Paris, RER, Transportes


Opéra e Madeleine

Chaillot e Trocadero
Tuileries
Tour Eiffel e Invalides
Saint Germain des Prés
Passagens Cobertas de Paris
Reveillon em Paris
Paris para os Apaixonados
Museus de Paris
Restaurantes Românticos em Paris
Cemitérios de Paris

Bouquinistes, Brocantes, Mercados em Paris

14 de Julho em Paris
Av. des Champs Elysées
Ile St Louis
Quartier Latin


Igrejas de Paris
Pontes de Paris
Ile de La Cité

Giverny

Versailles

14 de Julho em Paris

Sugestões de Hoteis em Paris
Reveillon em Paris
Páscoa na França
Strasbourg
Mercados de Natal na França

Saudações
Pedindo Informações
Ao Telefone
Fazendo Compras
No Médico
Mais Frases Úteis
Tempo, Hora e Data
Amor e Paquera
No Trabalho
Datas Especiais, Mensagens de Aniversário e Natal
Viagem
Correspondência
Ditados Populares e Expressões em Francês
Conversando e Expressões em Francês
Expressões de Futebol

Regiões e Departamentos da França










Nenhum comentário:

Postar um comentário