29 de jun de 2010

Saint-Tropez - Provence-Alpes-Côte d´Azur


Localizada na Riviera Francesa, na região Provence-Alpes-Côte d'Azur, a 850 km de Paris, Saint-Tropez é um dos locais de veraneio mais exclusivos e badalados do mundo.


Uma lenda francesa conta que seu nome é uma homenagem ao oficial do imperador romano Nero, Salvio Torpes, que teria sido decapitado no ano de 68 d.C., por ter se convertido ao cristianismo, tornando-se um mártir.



Depois de vagar pelo mar, seu corpo teria sido encontrado na região onde hoje fica St-Tropez, e o soldado foi nomeado protetor da cidade.


Todos os anos, em maio (época em que Torpes foi encontrado), a cidade promove um festival de três dias, durante o qual são realizadas missas, procissões e encenações da construção da capela em homenagem ao mártir. 


Situado entre pequenos paraísos da Côte d´Azur, o pequeno vilarejo de pescadores passou a ser conhecido como reduto de muitos boêmios quando o pintor Paul Signac construiu uma casa na cidade, na década de 20.







1951 foi o ano do despertar da pintura de Picasso em Saint-Tropez. Acompanhado pela sua musa, Geneviève Laporte, pintou uma série de nus e de desenhos.


Mas o lugar só se tornou realmente célebre em 1956, quando Brigitte Bardot filmou lá o filme E Deus Criou a Mulher e mudou-se para a cidade.



Entre seus muros e ruelas apertadas, desfilam astros internacionais, artistas consagrados e top models. Mick Jagger casou-se lá, e Bono Vox, é um habitué.


Com apenas 6 mil habitantes, a cidade recebe milhões de pessoas por ano, principalmente entre julho e agosto, no auge do verão europeu, em busca de descanso nas belas praias e agito nas famosas baladas da cidade.


As praias mais visitadas ficam em Ramatuelle, na baía de Pampelonne, que tem 5 quilômetros de extensão e mais de 40 praias particulares.



Na Praia de Pampelonne está localizado o Club 55, onde Brigitte Bardot comemorou seus 40 anos, visita obrigatória para os turistas.

Plage Taithi

Plage de Pampelonne


Durante o dia a agitação se concentra nas praias de águas cristalinas, de um azul incrível e nos restaurantes de comida inigualável.

À noite as casas noturnas lotam. Informe-se sempre em seu hotel ou nos postos de turismo quais as melhores. A cada nova temporada, tudo muda.

Em algumas praias é permitido fazer topless e em outras, tem locais para o nudismo , como na Praia de Pampelonne

A praia mais famosa é a Plage Tahiti, onde Brigite Bardot gravou cenas de seu filme "E Deus Criou a Mulher"

No final do dia, as pessoas se encontram para jantar nos famosos restaurantes como Chez Nano, Le Baron, L'Olivier e Da Salvatore.

Depois do jantar, o clube noturno Les Caves Du Roy, no Hotel Byblos, é o lugar mais agitado da cidade e um dos principais pontos de encontro de Saint-Tropez.



Outras opções são o La Voile Rouge (acima), onde é possível chegar de helicóptero e os badalados Vip Room e La Maison Blanche, que possuem sua sede em Paris.




A cidade oferece opções também opções culturais, com museus e praças contando a história do lugar que já foi o principal porto comercial da França.


O Musée Naval possui objetos que contam a história do porto. Ele fica localizado em La Citadele, uma fortaleza construída no século XVI.


O Musée de l´Annonciale possui obras de Bonnard, Rouault, Matisse, Signac, entre outros, e o Musée des Papillons reúne mais de 4.500 exemplares de borboletas de todo o mundo.



Nas Place de Lices e Place aux Herbes acontecem grandes mercados ao ar livre aonde podem ser encontrados produtos frescos da região. Os mercados acontecem aos sábados e as terças-feiras, das 8 as 13 hs, na Place des Lices.





Também é possível ouvir músicas típicas e observar os iates enquanto se visitam os tradicionais cafés, como o Café Sénéquier, o mais antigo de St.-Tropez.

La Madrague, casa de Brigitte Bardot
 

Clip de Brigitte Bardot  "La Madrague"  AQUI


Como Chegar

O TGV sai de Paris, da Gare de Lyon, e leva 4horas e 40 min para chegar à St Raphael, que é um resort vizinho e é a estação de trem mais próxima. De lá, barcos deixam a Gare Maritime de St-Raphael, na Rua Pierre-Auble, e levam cerca de 50 minutos para chegar em St-Tropez. Faça AQUI a sua simulação

Há também a possibilidade de ir de ônibus da Gare de St-Raphael até o centro da cidade. As viagens levam de uma hora e meia a 3 horas, dependendo do trânsito, que é caótico no verão. 

Fica a 112 km de Nice e 69 km de Toulon. Há ônibus que viajam direto para St-Tropez de Toulon e Hyères, inclusive do aeroporto mais próximo, o Toulon-Hyères, a 56 quilômetros.




Fora o glamour que paira sobre Saint Tropez, o clima de vila de pescadores ainda pode ser visto em alguns lugares, entre as construções históricas e barcos tradicionais.


Os aromas e sabores da França ganham destaque nesta pequena cidade. Em cada esquina queijos, vinhos, pães, canapés e uma infinidade de pratos aguçam o paladar.


Pizzeria Bruno
Não deixe de caminhar pelo velho porto, passando por vendedores, charmosos cafés em frente ao mar, sempre repleto de luxuosos iates.

Porto de St Tropez


La Citadelle



  
Veja também:





Um comentário: