13 de jul de 2011

Cap Ferrat - Provence Alpes Côte d'Azur

Cap Ferrat



Uma presqu’île ("quase ilha") no departamento dos Alpes-Maritimes e na Região Provence-Alpes-Côte d'Azur. É também conhecido como a "presqu’île des milliardaires" (a quase ilha dos miliardários), por causa das suas magníficas propriedades.

Oferece aos visitantes o charme de um lugar preservado e encantador.




Verdadeiro oásis no coração da Côte d’Azur, com mais de 300 dias ensolarados no ano, é um destino ideal para férias: praias e caminhos turísticos ao longo da costa, Clube Nautico, praias particulares, atividades náuticas, mergulhos, etc



A Chapelle Saint Hospice, a villa-musée Ephrussi de Rothschild, as muitas casas estilo Belle Epoque, testemunham um passado cheio de história e de cultura.



Então, seja por um dia, por um final de semana ou uma estadia mais longa......deixe-se seduzir por este lugar...


O Porto de Saint Jean Cap Ferrat



Fica no coração da cidade. O Velho Porto, atual Quai Lindbergh, foi construído entre 1840 e 1876.

Em 1972, o Novo Porto de Plaisance foi inaugurado. Pode receber mais de 500 barcos. Ao longo do cais, muitos restaurantes e comércio.



As caminhadas

O melhor jeito de descobrir Saint Jean Cap Ferrat é andar pelos 14 kms de caminhos para pedestres ao redor da presqu'île.

Villa Ephrussi-de-Rothschild

Villa Ephrussi-de-Rothschild 

É uma das joias da Côte d’Azur ! Este palácio italiano, foi criado em 1905 pela baronesa Béatrice Ephrussi de Rothschild, que se apaixonou pelolugar, para abrigar 5000 obras da sua coleção de arte (móveis do século XVIII , porcelanas de Manufactures Royales de Sèvres e de Vincennes, etc).


A baronesa, morta em 1934, deixou a casa e toda a sua coleção de artes para a Academia de Belas Artes. 

A mansão possui 9 jardins e se debruça sobre as baías de Villefranche sur Mer e de Beaulieu sur Mer. O espetáculo das águas musicais que anima o jardim a cada 20 minutos, acentua o encanto do lugar.



De 15 de fevereiro até 1 de novembro, todos os dias das 10 as 18 horas. Em julho e agosto, até as 19 horas.

De 2 de novembro a 14 de fevereiro, todos os dias das 14 as 18 horas e aos sábados, domingos e feriados, das 10 as 18 horas.





La Chapelle Saint Hospice

 Foi construída no século XI sobre as ruínas de um santuário. Ela deve seu nome a um santo, chamado Hospitius, que viveu por volta do ano 550 dentro de uma torre. No século XVII, foi completamente restaurado por Charles Emmanuel II, que a aumentou e construiu um altar. O pórtico data de 1826. A capela foi anteriormente local de peregrinação importante. No interior, podemos admirar quadros de Louis Marchand des Raux que retratam a vida e os milagres de Saint Hospice.




Le Cimetière Belge

Situado abaixo da capela, deve o seu nome às vítimas belgas da primeira Guerra Mundial, mortas na Villa Les Cèdres, então transformada em hospital militar e propriedade do rei belga Léopold II



Le Phare et le Sémaphore du Cap Ferrat


Construído em 1732, o farol estava destinado a substituir a antiga torre do século XVI, Destruído em 1944, foi reconstruído após a guerra. 

Oferece um panorama deslumbrante que se estende do Estérel até a costa italiana. O farol hoje é fechado ao público.

O sémaphore foi construído em 1862 por Napoléon III. Tem 143 m de altura. Pertence a Marinha Nacional que o utiliza para controlar o tráfego marítimo e para a prevenção dos incêndios de floresta.

O zoológico, de três hectares, foi criado em 1960 e abriga mais de 500 animais, recebe a visita de muitas crianças




As Fontes CoeXist

Estas duas fontes situadas aos pés do farol e no início do passeio de Saint Hospice foram inauguradas em setembro de 2007 para promover a paz entre as diferentes religiões.












L'Eglise Saint Jean Baptiste




Do século XV. É uma igreja bem simples, mas decorada com muito charme.





Le Musée des Coquillages

4600 conchas para admirar. Aberto todos os dias, de segunda-feira a sexta-feira, de 10h à 12h et de 14h à 18h. Week-end e feriados: de 14h à 18h

Adulto : 2 euros, Menores de 15 anos: 1 euro. Quai du vieux port









Como chegar

De Nice ou Monaco, pegar a Basse Corniche (RN7).


De trem
Chegada na Gare SNCF Beaulieu sur Mer 
A partir da Gare, você pode pegar um taxi (por volta de 20 euros) ou o ônibus 81 que liga Nice a Saint Jean Cap Ferrat (1 euro) a cada 30 minutos. Não circula aos domingos.


De Avião
Aéroport International de Nice Côte d'Azur
A 15 kms de Saint Jean Cap Ferrat. Do aeroporto pode pegar um taxi (mais ou menos 60 euros), ou pegar o ônibus n°98 até a Gare de Nice e lá, pegar o ônibus n°81.






Veja Também:
Saint Tropez
Cannes
Nice
Marseille
Vale do Loire
O Rio Loire
Tours
Plages de Debarquement
Saint Malo
Cancale
Mont Saint Michel
La Rochelle
Lourdes
Saint Jean Pied de Port
Caminho de Santiago na França
A Cruz de Hendaye
Biarritz Pau, Aquitaine e País Basco Francês
Bordeaux, Aquitaine
Arcahon e Cap Ferret

Lyon

Culinária Francesa
Receitas
Queijos
Vinhos
Músicas Francesas

Giverny
Rueil Malmaison
Versailles
Deauville
Estações Termais na França
Naturismo e Nudismo na França

Doce França e Paris - Dicas de Viagem
Gares de Paris, RER, Transportes
Paris para Crianças
Paris para os Apaixonados
14 de Julho em Paris
Igrejas de Paris
Pontes de Paris

Saudações
Pedindo Informações
Ao Telefone
Fazendo Compras
No Médico
Mais Frases Úteis
Tempo, Hora e Data
Amor e Paquera
No Trabalho
Datas Especiais, Mensagens de Aniversário e Natal
Viagem
Correspondência
Ditados Populares e Expressões em Francês
Conversando e Expressões em Francês
Expressões de Futebol

Regiões e Departamentos da França



Um comentário:

  1. Anônimo13/7/11

    Olá Anna, td bem ??
    Pois então .... que beleza de comentário este casal fez (na postagem "culinária francesa") !!
    Continue assim, auxiliando no que for preciso. Isso é mto lindo !
    Eu tbm gosto de dividir o que sei, e o que posso !!
    Eu fiz meu caminho de Santiago da Via Tolosana, e cheguei em casa dia 4, segunda-feira.... ja estou com mta saudade, e voce tabém colaborou comigo em particular e no seu blog, eu aprendi mta coisa.
    Não tive problemas para chegar à Arles.
    Tbm viajo como mochileira, peregrina, e não posso dizer que entendo ou falo frances, mas estudei sozinha, e mesmo sem saber mta coisa, deu pra me comunicar, por vezes 2 vezes que lá estive.
    Desta vez, foram mais de 40 dias na França, e quase sem problemas, reservando albergues todos os dias pelo telefone.
    As pessoas dizem mesmo, assim como o casal que te enviou o comentário, que a gente tem muita coragem de caminhar por onde nao conhece, por trilhas, florestas, montanhas e bosques, numa viagem fantástica a cada dia, sem saber o que vai encontrar no proximo local.
    Isso é minha "cara", meu estilo de vida, adoro um pouco de aventura e improviso e cada dia é sempre pra frente, nunca tem volta.... todos os dias é diferente do outro.
    Tenho 58 anos, tbm estou quase na terceira idade ... rssss !!
    Ah, e lembra bem aquela frase que perguntei pra vc como se falava?
    PEDIR CARONA..... qquer coisa assim.... pois então .... foi a que mais usei !!
    Precisei de caronas e muitas, pq minha amiga não conseguia caminhar, mtas vezes com tendinite.
    Agradeço muitissimo sua ajuda !!
    Vc é linda por fora e por dentro !!
    Se precisar de mim pra qquer informação sobre os caminhos é só perguntar.
    bjos
    Jurema

    ResponderExcluir