22 de mar de 2012

Tour de France dos Doces


Petits Gâteaux Voyageurs

Pequeno "tour de France" das especialidades de guloseimas para degustar na hora do chá.



Calissons
Calissons







Um confeito de pasta de amêndoas, e ovos,  cobertos por um glacê de açúcar. Especialidade de Aix-en-Provence (Região Provence-Alpes-Côte-d'Azur)














Broyé de Poitou



É um bolo feito de açúcar, farinha, manteiga e ovos. Come-se molhado no vinho tinto e com morangos. 

Tradicional da Região Poitou Charentes.











Bêtises de Chambrai






Especialidade de Chambrai, é uma bala de açúcar com sabor de hortelã, que surgiu por volta do ano de 1830, por um aprendiz desajeitado, e por isso apelidado de bêtise (bobagem). Só que os doces mal-feitos agradaram os clientes.












Berlingot Nantais







Em Nantes, Região Pays de la Loire, encontramos uma bala dura e saborosa, em formato de pirâmide, conhecida desde a Idade Média.







Mushi Mouchous






Em basco, un "muxu", é um beijo. Desde 1948, feito com amendoas espanholas, açúcar, clara de ovos, com um pouco de chocolate, de avelã ou de pistache.














Madeleine de Commercy






A famosa madeleine de Commercy (Região Lorraine), foi servida pela primeira vez em 1755, em um jantar preparado por uma jovem que se chamava Madeleine.











Gâteaux de violet, balas de violeta






Uma especialidade de Toulouse, Região Midi-Pyrenées, feita com violetas frescas cristalizadas em açúcar. 

Cultivada desde o século 19, a violeta de Toulouse se tornou conhecida na fabricação de doces, balas cristalizadas e mel.













Canelé de Bordeaux




Um pequeno bolo de Bordeaux,Região Aquitaine, que teve o nome inspirado na forma de bronze canelada, aonde ele é assado. A primeira fornada foi preparada no convento de Annonciade, no século 18.








Craquants craquelés de Nancy


Os macarons de Nancy (Região Lorraine) são os mais antigos da França. À base de amêndoas de Provence. Diz a lenda que 2 freiras expulsas do seu convento durante a Revolução Francesa, foram as primeiras a comercializar o macarron em 1793, ele passou a se chamar Soeurs-macarons.  Uma lenda à provar ao menos uma vez...










Nougat de Montélimar




Especialidade de Montélimar, Região Rhône-Alpes, uma deliciosa pasta sólida de amêndoas, conhecida desde  o final do século 17.














Suisse de Valence







Da Região Rhône-Alpes, Um biscoito em forma de boneco, uma delícia seca, mas que derrete na boca. Típico da celebração do Domingo de Ramos.
















Gaufres Meert de Lille




Desde 1849, sua receita é a mesma: um "waffle" forrado de açúcar, manteiga e baunilha de Madagascar. 

O General de Gaulle encomendava do Palácio Elysée. Tradicional de Lille, Região Nord-Pas-de-Calais.













Les pastis d'Amélie





Brioche a base de baunilha e rum. Um boulanger patissier de Mazerolles (Poitou-Charentes) descobriu a receita da sua avó (Amélie) e a comercializa. 











Sablés La Sablésienne



Dizem que os sablés (biscoitos amanteigados) foram inventados em Sablé sur Sarthe (Região Pays de la Loire) no século XVII. Excelentes biscoitos crocantes, que derretem na boca.









Anis de Flavigny






Pequena bala de anis, branca e redonda, especialidade de Flavigny-sur-Ozerain, na Bourgogne.










Amêndoa Açucarada (Dragées)







Em Verdun, Região Lorraine, um farmacêutico inventou a amêndoa açucarada (dragée), procurando um método para facilitar a conservação e o transporte das amêndoas.  Tem a fama de combater a esterilidade, por isso é oferecida nos casamentos.











Pastilles de Vichy



Fabricadas desde 1825, são famosas pelas suas propriedades digestivas. Sabor menta, limão e anis.

Refrescantes, contem sais minerais das fontes de Vichy (Região Auvergne).









Négus de Nevers





O négus de Nevers é um caramelo mole ao chocolate, encoberto de açúcar cozido










Bonbons au coquelicot de Nemours





De forma octogonal, essas balas da Região Ile de France, têm propriedades para aliviar a tosse e a irritação da garganta









Forestines de Bourges






São deliciosas balas recheadas de um creme macio de chocolate, nozes e amêndoas, envolvidas com açúcar crocante.









Pralines de Montargis






Amêndoas envolvidas com açúcar queimado.











Veja Também:











2 comentários:

  1. Deliciosamente,lindos! Acaso,vendessem aqui no Brasil,os compraria...Doces,lindos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pode ser que você encontre alguns em delicatessens no Brasil...
      Obrigada pelo comentário!
      Um abraço,
      Anna

      Excluir